Aulas


         ACADEMIA DYNÂMIKA

  • End: Av. Presidente Kennedy 1313.
    Sobreloja no Bairro Rebouças.
    Mensalidade: R$ 80,00.

    3ª e 5ª11:00--12:00 
    Professor: Beterraba
    2ª, 4ª, 6ª
    : 10:00--11:00 e 16:00--17:00 e 19:30-20:45
    Sábado: 10:00 as 11:30
    Professor: Kaveira

    ACADEMIA HIDROFIT
    • EndRua Marechal Otávio Saldanha Mazza, 7500
      Bairro: Pinheirinho - Curitiba/PR
      Terças e Quintas: 20:15 às 21:30
      Sábados
      : 08:30 as 10:00
      Professor: Boolha


    • CLUBE OLIMPICO

      End: Rua Pompeu Louriero 166
      Bairro: Copacabana - Rio de Janeiro/RJ
      2ª 4ª e 6ª: 18:30 as 20:30
      Mestre: Itamar

Getúlio Vargas

Escrito por Ronan Boolha Ligado . Publicado em HISTÓRIAS

 

Em 1808, o rei D. João VI veio para o Brasil - a maior colônia portuguesa, na época -, fugindo de Napoleão Bonaparte que tinha invadido Portugal. O Rio de Janeiro que, na época, tinha uns 700.000 habitantes, mais de metade sendo escravos negros. Com a chegada do rei português e sua corte - umas 4.500 pessoas, muita coisa mudou. A colônia, afastada de tudo, de repente virou o centro do Império Português. Começou, também, uma repressão sistematizada à cultura dos escravos embora a violência e a maldade contra o escravo já existisse desde 1500. Para esta nova repressão sistematizada e organizada, D. João VI criou a Guarda Real.

Muita gente afirma que a capoeira era, basicamente, a "arma do escravo contra a polícia e o feitor" - a gloriosa "luta de libertação"! Mas, na verdade, além disto, (e talvez mais que isto), a capoeira era a ferramenta usada para um determinado grupo de escravos "dominar" uma certa área (em oposição a outros grupos de escravos); e era também a "arma" usada pelos escravos para resolverem suas divergências pessoais, e estabelecer uma hierarquia dentro do grupo.

A “capoeira escrava" já era marginal muito antes de 1890. Mas somente em 1890 ela vai ser posta oficialmente fora da lei. Quando a República foi proclamada, em 1890, a capoeira foi posta fora de lei pois muitas maltas apoiavam os políticos monarquistas. O novo Governo Republicano sabia que enquanto não extinguissem as maltas, não mandariam no Rio de Janeiro; pois as maltas dominavam as ruas.

Uma repressão violenta e arbitrária, comandada pelo primeiro chefe de polícia da República - Sampaio Ferraz, o "Cavanhaque de Aço" (que também era um capoeirista), desbaratou a poderosa capoeira carioca.

No entanto esta capoeira carioca das maltas deixou um herdeiro: o malandro. O malandro vai se tornar uma figura importante, não só no samba onde será cantado e decantado no início de 1900, mas na própria identidade do Rio de Janeiro e de todo o Brasil.

Na década de 1930, Getúlio Vargas tomou o poder, e o manteve durante os próximos 20 anos. Getúlio quis construir uma nova identidade, e uma nova face para o Brasil, baseada na modernidade, na indústria, e no "trabalho duro e sério". Vargas compreendeu que a capoeira poderia fazer parte do novo "rosto" deste novo Brasil.

  • Mas não a violenta capoeira das maltas cariocas de 1800, nem a capoeira dos malandros cariocas do início de 1900.
  • A capoeira baiana, de 1920, praticada pelo valentão e desordeiro, sempre metido em confusão com a polícia, também não servia.

Mas graças ao Mestre Bimba e uma demonstração para Vargas da capoeira.

Vargas permitiu, então, a prática de uma (nova) capoeira; a ser praticada apenas em "locais fechados" (não mais nas ruas e praças), e com alvará da polícia. É o começo da "era das academias", que dura até os dias de hoje.

“São por pessoas que visão a evolução humana e que se impõem diante da população e do mundo que futuramente a própria população é beneficiada. Graças a Getúlio Vargas, eu, você e todos os capoeiristas do mundo podem jogar cantar, sentir a energia, aprender e ensinar sem nenhum problema, sem nenhuma preocupação. Graças a ele o Brasil hoje é a própria capoeira, que saiu da marginalidade das ruas e hoje está aqui dentro da academia, dentro das escolas, na cultura brasileira e principalmente está no mundo inteiro.

FONTE: Ronan Vergaças Seleme (Boolha)

 

Contato

Professor Kaveira (Hairton)

Tel:  +55 (41) 999 180 679 
Tel²: +55 (41) 3014-9935 (Academia. Dynâmika)
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Professor Ronan (Boolha)

Tel: +55 (41) 999 901 353
Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.    


ENVIE SEU EMAIL CLIQUE AQUI!

Mapa da Academia Dynâmika

Mapa da Academia Hidrofit